Não Aprendi...
Zilca P. Tricerri


 

Nem asas tenho para voar, e a ti chegar
Não aprendi a viver sem os teus carinhos
Até mesmo, sem a tua censura, indicando
O rumo certo das atitudes a seguir no...

Meu dia-a-dia, por vezes tumultuado
Sonhar, ficou na saudade, onde guardo
O nosso viver anulado, em segundos...
Muitas perguntas ao vento, sem respostas

 chego a pensar que o mundo acabou e...
 Eu permaneci, num jardim sem cor...
Varias vezes, preciso me tocar para sentir
 que estou viva... Sigo a flutuar, neste
Mundo sem a tua luz

Lembro que muito aprendi, sobre o amor
Mas não aprendi a te perder...
Sinto os teus vivos olhos , penetrarem
Na minha alma, falando da tua saudade
Te amo, sempre!
 
 
 


Zilca P. Tricerri