Fragmentos...
Zilca P. Tricerri




Dentre as lembranças que fazem parte da
minha vida, guardo com saudades...dos
passeios nas tarde de primavera, com tua
mão presa a minha, a fim de que, não nos
perdêssemos nas sinuosas estradas da vida
onde o amor às vezes, se anula pela ausência
de uma base sólida da cumplicidade, que
une  dois  seres que se amam, e desejam
viver o mais terno amor, além da eternidade
Assim, construímos a nossa felicidade
O tempo passava, e o amor crescia a cada
dia, mais e mais forte, em nossos corações!

Mas num dia cinzento, a lua foi embora, as
estrelas sumiram, e as nuvens escureceram,
quando o vento passou  por nós, e de mim
te arrebatou, sem ao menos um até breve...
Os dias se tornaram longos e  vazios no
espaço que nos distancia  fisicamente

Muito tempo se passou, e tu permaneces em
 meu coração, em todos os momentos da minha
vida, com a certeza de que o nosso amor
 sempre foi e será eterno!

Zilca P. Tricerri