Quem “governa” nossas vidas?

 

 

 

 

 

A verdade é que a gente sabe

Que quanto mais tempo se tem

Mais tempo se desperdiça na idade,

Correndo em círculos, saída não tem.

 

Quem disse que a esperança é vazia,

Não conhece precipício, nunca esteve em queda livre.

O culto da aparência no país é pura idiotia,

A vida torna-se efêmera e circunstancial.

 

O hoje só é justificável se você tem.

O amanhã trará esquecimento do que você foi.

A memória é vã, já não existe no egoísta,

Que busca jeitinho fácil e comodista.

 

Acorda nação do Brasil!

Redescobre suas origens de honra e glória,

De lutas copiosas contra essa ausência ética,

Dos que se dizem “defensores” dessa pátria.

 

Quem governa nossas vidas, são políticos insanos,

Sanguessugas de nossos votos, de nossa luta combalida.

Mandatários de nossos direitos,

A custa de sacrifício, só alheio...

 

Chega de tanta paralisia,

Conclamo a você João, a você Maria,

Vamos juntos resgatar aquilo que se perdeu,

Valor ético de justiça que desfaleceu.

 

 

 

 

 

Tierle Maria P. Tricerri

18/10/07